Jaguar XF

O ano de 2008 pode ser considerado como um dos mais positivos na história da Jaguar, fabricante britânica de automóveis de luxo. A marca comercializou 65 mil veículos no período, um aumento de 8% em relação a 2007.

“Apesar das condições econômicas desafiadoras pelas quais o mundo está passando neste período, a Jaguar registrou um bom progresso no ano passado. O lançamento do sedã XF – vencedor de mais de 30 prêmios ao redor do mundo, incluindo o de “Carro do Ano”, segundo as duas mais importantes revistas automotivas do Reino Unido – atraiu um grande número de novos clientes para a marca”, afirma Mike O’Driscoll, Diretor-Geral da marca.

“Nossos carros são vendidos em mais de 60 países ao redor do mundo e nós estamos bastante orgulhosos pelo sucesso que a marca vêm obtendo em diversas regiões. Registramos aumento em vendas de 50% na Rússia, 35% no Oriente Médio, 25% na China e 15% na América Latina”, complementa.

Em parceria com a Land Rover, a Jaguar investiu mais de 400 milhões de libras em pesquisa e desenvolvimento. Mais 800 milhões de libras serão destinadas pelas duas marcas no desenvolvimento de novas tecnologias sustentáveis.

No começo de 2009, a Jaguar apresentou sua nova geração de motores diesel e gasolina que são mais potentes e econômicos e menos poluentes.

“Não há dúvida de que este ano será bastante desafiador para toda a indústria automotiva mundial, mas nós acreditamos que a nova geração de design inteligente somadas às tecnologias avançadas faz dos modelos Jaguar os melhores esportivos da atualidade”, conclui O’Driscoll.