A Nissan está ensinando os motoristas europeus a dirigir de forma mais econômica em um projeto criado para reduzir as emissões de gás carbônico (CO2) e o consumo de combustível. Batizado de Nissan Intelligent Driver Project (NIDP), o estudo está sendo realizado no Reino Unido por oito meses. A região foi escolhida por ter um dos preços mais elevados do litro do combustível na Europa e por ser uma das primeiras a definir metas para a redução de emissões dos automóveis. É também o maior mercado da Nissan na Europa Ocidental.


Os motoristas serão monitorados diariamente pelo centro de dados da Nissan para análise dos hábitos de condução e sugestão de meios que irão aperfeiçoar a economia de combustível. O monitoramento será feito com sistemas de navegação por satélite, tecnologia de telefones móveis e telemetria avançada. As informações coletadas serão postadas em um site exclusivo para os motoristas compararem sua performance com a de outros participantes e, assim, ver o progresso de suas técnicas de direção mais econômica. Participam mais de 100 proprietários, de perfis bem diversos, dos modelos Qashqai e X-TRAIL. Em estudo similar feito no Japão, os motoristas conseguiram reduzir consumo e emissões em 18%, economia de R$ 1.120 (US$ 577) por ano em combustível.

“Tornar nossos carros mais eficientes em emissões é apenas um dos elementos deste trabalho. O projeto irá ajudar nossos clientes a desenvolver técnicas de condução mais ecológica nos seus trajetos diários. Esperamos que o programa no Reino Unido mostre que esta é uma forma possível, barata e altamente eficiente para redução de emissões nos automóveis”.