Porsche 911 GT3 R Hybrid 2011

Exatamente 110 anos após Ferdinand Porsche ter desenvolvido o primeiro carro híbrido do mundo, o Lohner Porsche Semper Vivus, a Dr. Ing. h.c. F. Porsche AG, sediada em Stuttgart, leva este conceito visionário de propulsão híbrida para a categoria GT. No dia 4 de março, o Porsche 911 GT3 R com propulsão híbrida será lançado no Salão de Genebra.

Porsche 911 GT3 R Hybrid 2011

A inovadora tecnologia do 911 GT3 R Hybrid foi desenvolvida especialmente para carros de corrida, com sua configuração e componentes se destacando significativamente dos sistemas híbridos convencionais. O eixo dianteiro é equipado com dois motores elétricos com 60 KW de potência cada um. Eles complementam o motor de 480 cv de 4 litros com seis cilindros opostos, localizado na traseira do 911 GT3 R Hybrid. Outro ponto significativo é que, em vez de usar as baterias normais de um carro híbrido de rua, um gerador elétrico acoplado ao volante do motor fornece energia aos motores elétricos.

O próprio gerador do volante do motor é um motor elétrico, cujo rotor gira a velocidades de até 40.000 rpm, armazenando energia mecânica como energia de rotação. O gerador é carregado sempre que o motorista aciona os freios, com os dois motores elétricos distribuindo esta potência no eixo dianteiro. Dessa forma, sempre que o motorista desejar acelerar o carro, como no caso de ultrapassagens, ele pode utilizar a energia adicional do gerador elétrico, que fornece até 120 kW de potência aos dois motores elétricos na dianteira, gerados a partir de sua energia cinética. Esta energia adicional estará à disposição do condutor do 911 GT3 R Hybrid depois de cada processo de carga, durante o tempo aproximado de 6 a 8 segundos. Com esse sistema, a energia que antes era convertida em calor e, portanto, desperdiçada todas as vezes em que os freios eram acionados, agora é convertida em mais potência para a direção.

Dependendo das condições da corrida, a propulsão híbrida pode ser utilizada não só para gerar mais potência, mas também para economizar combustível, o que, mais uma vez, aumenta sua eficiência e, consequentemente, o desempenho do 911 GT3 R Hybrid ao, por exemplo, reduzir o peso do tanque ou fazer com que as paradas nos boxes sejam menos frequentes.

Depois de seu lançamento em Genebra, o 911 GT3 R Hybrid será testado em corridas de longa distância em Nürburgring. O destaque deste programa de provas será a 24 horas de Nürburgring, que acontecerá nos dias 15 e 16 de maio. O enfoque da Porsche para esta ocasião não é vencer a disputa com o 911 GT3 R Hybrid, mas comprovar sua posição de liderança em termos de tecnologia, além de mostrar que se trata de um “laboratório de corridas”, oferecendo conhecimento para um uso posterior de tecnologia híbrida para carros esportivos de rua.

O 911 GT3 R Hybrid é um exemplo perfeito da filosofia Porsche Intelligent Performance (desempenho inteligente Porsche), um princípio encontrado em todo Porsche: mais potência com menos combustível, mais eficiência e menores emissões de CO2, tanto nas pistas como nas estradas.