Iveco Daily Motorhomme

Em 1873, o escritor francês Julio Verne publicou “A Volta ao Mundo em Oitenta Dias”, que conta as aventuras de PhileasFogg, um inglês que aposta com seus amigos que seria possível fazer uma viagem completa ao redor da Terra em 80 dias. Cerca de 140 anos após o lançamento do livro, o engenheiro aposentado e especialista em vinhos Horácio Barros pretende realizar façanha parecida com a do protagonista do romance. A motivação, no entanto, não é vencer uma aposta, mas sim conhecer e reunir informações sobre as principais vinícolas do mundo.

Acompanhado por seus filhos Pedro, fotógrafo e publicitário, e Natália, fisioterapeuta, o enólogo mineiro passará 30 meses em viagem, visitando as principais vinícolas do mundo. A rota do projeto, que ganhou o ambicioso nome de A Volta ao Mundo dos Vinhos, incluirá a visita a 170 regiões produtoras da bebida, localizadas em 24 países de 4 continentes, totalizando um percurso de mais 120 mil quilômetros. Estima-se que toda a aventura custe US$ 350 mil, o equivalente hoje a R$ 560 mil. “Esse é um projeto inédito. Nunca ninguém propôs uma iniciativa dessa magnitude, com esse número de países”, afirma Horácio.

Os viajantes sairão de Belo Horizonte em 26 de dezembro de 2012, e iniciarão seu trajeto pela América Sul, seguirão pela América do Norte, África, Oceania, fechando o passeio na Europa. Tudo isso combinando o transporte por avião e um Daily motorhomme, um caminhão adaptado para oferecer condições parecidas com a de uma casa. As distâncias mais longas serão feitas por avião enquanto o caminhão será transportado por navio.

O veículo, que terá o chassi Daily Massimo 70C16 e o implemento feito por uma empresa paulista, foi entregue ao grupo em novembro. “O projeto foi ao encontro da política de marketing da Iveco, constituindo uma boa oportunidade de mostrarmos ao mundo a qualidade de um veículo fabricado em Sete Lagoas”, diz Horácio. Como contrapartida, a equipe ajudará a Iveco a aprimorar seu produto, enviando relatórios periódicos sobre o desempenho do caminhão.

Para quem se interessou pela viagem de Horácio e sua família, uma dica: a trajetória será registrada em um site próprio, com todo o diário de bordo (www.wineworldadventure.com). Parte do material recolhido dará origem a outros produtos culturais, como livros, CD-rooms e vídeo-documentários.